Palavras de um Anonymous…

  1. O mundo está mudando.
  2. Definitivamente.
  3. Sempre pareceu um sonho longínquo o país mudar. Sempre ouvimos desejos de que os políticos sejam menos corruptos, que haja mais transparência, que o povo lute pelos seus direitos, etc, mas o fato é que a “máquina” política foi aprendendo a se defender e auto-cultivar, podando qualquer tentativa de quebrá-la.
  4. A grande estratégia salvadora seria o investimento em educação. Bobagem utópica. É pura contradição, visto que a população já precisaria ter passado por esse pesado investimento em educação por 20 anos para colocar e apoiar pessoas que sigam nessa estratégia. A máquina simplesmente não permite isto.
  5. O caminho seguido pela esmagadora maioria, grupo este que me incluía até há poucos dias, é simplesmente ignorar e seguir a vida. Ouviam-se reclamações e sempre os mesmos argumentos, freqüentemente sem a respectiva atitude, de alguns gatos pingados, e que a juventude de hoje não se revolta. Nada no horizonte parecia mudar este cenário.
  6. Eis que alguns grupos que, como a grande maioria, não têm nenhum vínculo nem apreço por política e políticos, e cansados desse cenário se repetindo ao redor do mundo inteiro, resolveram atacar o problema por uma óptica diferente e simples, mesmo de fora da máquina: expondo documentos sigilosos com os podres dos governos e grandes empresas. Sem sigilo a corrupção fica manca, e o povo ganha força. Foram liberados milhões de documentos sigilosos no mundo inteiro nos últimos meses.
  7. O que mais diferencia este movimento de outros ocorridos no passado, é que é um movimento sem vínculos políticos, por pessoas que muitas vezes não têm interesse nenhum pela política “antiga”, que estão buscando um direito básico de transparência, e buscando apenas expor a corrupção que move o mundo. E tem crescido de maneira incrível, de maneira “viral”. Cada um descobrindo uma maneira de se encaixar e ajudar a essa busca pelo fim da corrupção.
  8. E isto é só o começo do povo percebendo seu poder, e reduzindo o do governo. Podemos sem dúvidas esperar diversos outros mecanismos “paralelos” aos do governo sendo criados para controlar, expor e auditar o governo. Centenas de milhares já estão fazendo a sua parte aqui no Brasil, sem esperar que caia do céu, como era comum.
  9. É um fenômeno incrível, que fico feliz de estar contribuindo, e que tenho certeza que está entrando para a história. Difícil vai ser explicar para nossos filhos como era a política antigamente.
  10. Rottz – 17/ago/2011
Anúncios

Revista Info e sua capa do mês.

Essa capa mostra definitivamente a falta de profissionalismo dos jornalistas brasileiros, eu posso fazer algo 10 vezes melhor sem ter estudado um dia de jornalismo, com uma materia realmente verdadeira e não fantasiosa como a mostrada, acho que chamar alguem de Pirata é viver no mundo do Piratas do Caribe. Abaixo vou mostrar os erros cometidos.

#Hackers não são Piratas nem mesmo ameaça alguma a humanidade, hackers são pessoas com conhecimento em segurança digital, que procuram por falhas na segurança de sites, datacenters e etc…

#Não foi explicado os verdadeiros “vilões” os crackers eles querem roubar informções ou usar computadores alheios para botnet (Robo de Ataque DDoS). Virus nao são postos na sua maquina obrigado, na verdade o usuario que os coloca e os ativa, para se proteger disso é muito simples, use um antivirus, não clique ou baixe algo desconhecido, procure apenas sites que voce confia e baixe ou clique apenas em links ou programas que voce conhece.

#Crackers podem usar suas habilidades para o “bem”, como desbloquear o uso de programas pagos que voce nao tem acesso e tambem jogos. O Crack de um jogo foi feito por um cracker. Isso só “atrapalha” as empresas e a escolha de baixar um programa crackeado é sua voce é “livre” para usar o jogo ou programa. (Se os preços fossem justos nao seria preciso isso!)

#Fonte completa sobre Hackers: http://pt.wikipedia.org/wiki/Hacker

Não crucifiquem alguem, a sociedade por um todo existe individuos maus e bons. Apenas aprenda a julgar o que é correto e o que não é.

 

Se haver algo que não concordam postem nos comentarios.

Dependentes e viciados.

                                                           Um mundo de dependentes e viciados

As drogas são um mal da humanidade, elas destroiem familias, incitam crimes e roubam vidas, as drogas são um grande ponto de discussão e questionamento em nossa sociedade e a consosme a cada dia que se passa, cada vez mais e mais.

Lendo ate aqui creio que voce esteja a pensar que estou falando de drogas quimicas, vendidas por traficantes e consumida por jovens, mas voce esta errado, as maiores drogas que a humanidade consumiu e esta viciada é a mentira e conformismo, todos os dias somos bombardeados de noticias violentas e brutais, politicos que desviam verbas publicas, que zombam do povo e nao são punidos por seu crimes, hospitais que nao atendem ao povo como um ser humano porque a ganancia fez com que o dinheiro fosse roubado pelo que se diz representante do povo, promessas de politicos que nunca serão cumpridas e muitas outras coisas que nos dão um tapa na cara todos os dias.

Acorde! O mundo não tem que ser assim, ou eu estou louco? Faça alguma coisa, para de consumir esta droga, para de ser embriagado com falsas promessas que nunca serão cumpridas, para de dar tudo que voce tem para sustentar os ricos e intocaveis que estao no topo da piramide sendo sustentado pelos que estao embaixo ou seja o povo, esta na hora de fazermos o que é certo juntos. Não deixe eles acreditarem que voce não tem poder porque nao tem muito, só juntos mudaremos!

Enfim, seja viciado pela verdade e pelo amor, seja viciado pela justiça e a compaixão, torne – se um serhumano valorizando outro serhumano, faça suas ideias e palavras se tornarem realidade, lutem juntos por liberdade, unidos como um, dividido por zero.

por S.M.B

Marcha da Liberdade, a revolução já começou.

 

VOCÊ É MESMO LIVRE?

No dia 18 de junho, 41 cidades brasileiras realizaram simultaneamente a Marcha da Liberdade. Quase trinta anos após o fim da ditadura, estão indo às ruas pelo direito da liberdade de expressão. Ué, mas no Brasil todo mundo é livre para falar o que pensa. É garantido na Constituição. Sim, desde que não incomode ninguém.

A ditadura militar acabou porque tornou-se desnecessária. Os mecanismos de controle estão mais eficientes. Troque os soldados por traficantes. Substitua a Rota nas ruas por bandidos patrulhando a cidade. A função do censor fica a cargo dos defensores do politicamente correto. E aqui a magia acontece: qualquer “incidente” que possa ocorrer com quem saia do trilho entra na conta da violência urbana. “Ele reagiu ao assalto”, caso encerrado.

Essa ditadura sofisticada se apoia em um tipo de censura invisível: o medo. Medo de ser assaltado, de sofrer represálias, de ser julgado, de sofrer bullying. Exagero? Sugiro um exercício. Da próxima vez que um flanelinha vier te extorquir, recuse-se a dar dinheiro. Conteste com o seu chefe as horas extras que você não recebe. Vá até o Pará e proteste contra o desmatamento. Vou facilitar. Conte para os seus colegas de baia qual o seu maior sonho. Vamos, não seja tímido.

Ninguém quer virar mártir. Ainda mais em um país que enterra seus heróis em vala comum. Melhor se calar e fingir que a vida está ótima. E viver uma superficialidade existencial para não levantar polêmicas e passar despercebido pelo Grande Irmão.

O dogma e o tabu são os melhores mecanismos de mordaça de uma sociedade. Ele é plantado através do diálogo moralista da mocinha da novela, dos casamentos perfeitos das capas de revista, do discurso da pseudo-sustentabilidade, do comentário do âncora do jornal, da apropriação da palavra divina como instrumento de manipulação – e não de reflexão, da ditadura da beleza e do consumo, que criam padrões distorcidos da felicidade e, principalmente, da infelicidade. Ajudadas pela defasagem do nosso ensino, que nos programa para replicarmos opiniões alheias, essas verdades absolutas deixam o caminho livre para o preconceito. Pra que deixar as maçãs podres no mesmo cesto?

Cria-se uma sociedade de reprimidos. O humorista que não pode fazer piada, o homem que não pode chorar, a mulher que não pode amar outra mulher, o aluno que não pode contestar o professor.

A esperança está na internet. Um espaço onde todos têm oportunidade de expressar sua voz, de questionar, encontrar pessoas que pensam parecido e de se organizar para marchar pela causa que quiser. E é isso que está acontecendo.

Mas assim como a internet está derrubando mundo afora muros seculares em questão de dias, acabar com a liberdade de expressão dentro dela é bem mais fácil do que parece. Isso já está acontecendo. O modelo chinês está pronto para ser exportado. Ou você acha que “eles” vão assistir tudo de camarote, comendo pipoca?

A hora de agir é agora! Espalhe a mensagem, faça o seu protesto nas suas redes sociais, vá às ruas e lute pelas suas causas. Essa é a revolução 2.0. E ela está apenas começando.

Fonte:  Revolução 2.0

 

É possivel uma revolução?

Filme de Charles Chaplin.

Bom, todos nós ao longo de nossas vidas estudamos historia, conhecemos as revoluções e guerras feitas atraves do século e todas tem como fator comum a liberdade,  pelo menos quando estamos falando do povo. A sociedade esta em constante mudança, mas parece que agora este povo que lutou e morreu para defender seus direitos não existe mais, esta é a melhor epoca para se mudar a sociedade.

Vamos fazer uma analise sobre as revoluções todas elas aconteceram visando uma causa, seja ela qual for mas o que não percebemos e que elas vem diminuindo seu espaço de tempo de conclusão, algumas mudanças na sociedade levam séculos para acontecer e esse tempo vem diminuindo ao longo dos anos, levando decadas e estão para se tornar anos apenas não so as revoluções do povo, todas como revoluções na medicina, tecnologica e muitas outras, mas elas acontecem quando se acredita nelas e luta-se por elas.

 

Portanto, este é o melhor momento para se fazer uma revolução no país e no mundo, a informação se espalha rapidamente graças a internet e temos liberdade de nos expressar e mostrar para milhoes o que queremos passar, pessoas morreram para que voce tenha esta “liberdade” que tem agora, lembre-se do que aconteceu no seu país em tempos de ditadura, pessoas morreram lutando pelo que eles acreditavam, se eles conseguiram antes, porque não iriamos mudar a sociedade agora?

 

Mais informações:  http://www.whatis-theplan.org/