Sobre o blog

Este Blog pertence ao movimento Anonymous, e será usado exclusivamente para tal, não visamos lucro algum, apenas educar o povo e faze – lo refletir sobre a sociedade em que vivemos a todos que passarem pelo blog e acharem que este movimento condiz com suas concepções de sociedade na qual voce realmente deseja construir para o futuro, visite o forum global da causa: http://www.whatis-theplan.org

O que é Anonymous?

Anonymous é um movimento idealista que busca a verdade por trás de toda a corrupção do governo e muda – lo tornando um governo transparente e que devolva o poder ao povo.

Para uma explicação completa e detalhada, baixe o livreto: Livreto Anonymous

Você tambem pode ler o livreto online:  Livreto Anonymous Online

Anúncios

4 respostas em “Sobre o blog

  1. Olá como já comentei aqui gostaria muito de participar ativamente deste movimento por favor me mandem um e-mail de como vocês se organizam e aonde para que possamos conversar. Está na hora de acordar!

  2. olá..gostaria de saber se tem interesse de ter alguem para escrever no blog….caso queria me mande um e mail

    “A arte de enganar – Institucionalização Governamental

    Arte liberal de fazer “justiça” é realmente proselitista, justificando meios que se revelam como fins catastróficos, para finalmente promover restrições dentro do direito privado do individuo, alias, o ato de restringir é uma das tendências mais fortes desse governo, depois do ato de roubar.

    O governo, sempre diante de alguma crise como, por exemplo, o atentando na escola do rio de janeiro, justifica se para promulgar leis das quais limitam a liberdade do individuo, enganando o cidadão com a boa e velha retórica liberal, “pela segurança e o bem estar de todos”. A pergunta seria: Pela segurança de quem exatamente?
    Diria que seria pela vocação diabólica, marxista/comunista deste governo, engajados a obter controle, controle, controle e mais controle sob nossas almas e corpos. Ai daqueles que forem contra seus planos, serão perseguidos e taxados pela mídia e por seus opositores, vide Jair Bolsonaro, vitima da ignorância social e da astucia dos mandatários.
    PNDH3, Kit gay, PLC122, palmadinha, desarmamento: Todas essas leis têm algo em comum…. “Justificar a desestabilidade social”, uma vez usado esse argumento extremamente valido, é lhes dado a liberdade de censurar em nome do “bem” comum de todos e da “justiça” abrindo as portas para as Institucionalizações de governo.
    Eles querem mentir para você e lhes dizerem que NÃO ESTAO SEGUROS! Através do PÂNICO ecoam seus planos por todas as instituições do país restringindo um direito aqui, um direito ali, por assim vai, essa é a intenção do governo: ARMODAÇAR A POPULAÇAO e não proteger a população.

    Referente ao desarmamento é obvio que o atentado à escola está sendo muito conveniente esperam ganhar apoio publico institucionalizando medo sobre elas e entao justificando as mortes para efetuar o desarmamento iminente. O governo tenta contrariar a opinião publica a muito, diante dos fracassos das campanhas contra o desarmamento em outrora, a comoção publica deixou explicito que era contra. Oras, o governo não está nem ai para opinião publica, está se lixando, definitivamente.

    Como disse antes, é conveniente para o governo o massacre de realengo, pela razao mais obvia, “controle”:
    “O massacre de Realengo fez o governo federal antecipar em dois meses a campanha do desarmamento, que deve começar dia 6 de maio, um mês após a tragédia na qual morreram 12 adolescentes. O anúncio da nova data foi feito ontem pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que se reuniu com membros das ONGs Viva Rio e Sou da Paz. A campanha deve durar até o final do ano.”

    Em refutação, não poderia me expressar melhor do que esse texto:

    “Para justificar a eficácia do desarmamento, Pimentel sacou as palavrinhas mágicas da persuasão contemporânea: “Está provado. É científico!”. Nem precisou mostrar o estudo comprobatório, ou explicar por que bandidos e psicopatas devolveriam suas armas. Vai ver assistiu aos filmes do Michael Moore e acreditou. Nos Estados Unidos, o que é “científico”, na verdade, é justamente o contrário. Segundo o estudo dos economistas John Lott e Bill Landes, “de 1977 a 1999, os estados que adotaram leis que permitiam o porte livre de armas apresentaram uma queda de 60% nos ataques contra indivíduos e uma queda de 78% nas mortes em consequência de tais ataques”. Os motivos? Tanto o temor de uma reação pode dissuadir um criminoso quanto a presença de alguém armado pode interrompê-lo. E a maioria dos americanos sabe que nem sempre há tempo para esperar pela polícia.

    Na imprensa e na internet, o Brasil inteiro comparou a tragédia no Rio às Columbines americanas. Prontamente, os jornais publicaram uma listinha de episódios similares. Mas e quanto aos massacres que não chegaram a acontecer? Ninguém vai publicar? É uma desfeita com os dois estudantes que, em 2002, na Virginia, pegaram suas armas no carro para neutralizar um colega atirador; com o policial de folga, porém armado, que levava sua filha à escola no dia em que um aluno resolveu matar os outros em Santee, em 2001; com o dono de um restaurante em Edinboro, que, em 1998, usou sua arma para render o aluno que matara um professor e ferira mais três; com o diretor que também pegou sua arma no carro para apontar a um estudante homicida em Pearl, em 1997. E por aí vai (sem contar episódios em casas, restaurantes etc.). Em vez de 12 mortos até a chegada da polícia, como em Realengo, cada um desses teve no máximo três. A propósito: três são menos que doze.””

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s